Orgia oral

Posted by in Trópico de Câncer

De volta da praia, retomei o uso do xarope para a garganta. O tempo sem fazer rádio também ajudou. Tudo é realmente uma questão de tempo e paciência. Aos poucos consegui voltar a comer. Antes fui no otorrino, o Gumercindo, lembram dele? O cara se emocionou quando falei da Gio. Receitou um antibiótico e gotas de um remédio no ouvido. O resultado é que na terça passada comecei a viver uma espécie de orgia oral. Aos poucos comecei a sentir o sal de volta. Só na terça comi carne assada, leite condensado com chocolate, pipoca e um café reforçado com sanduíches. Os dias seguintes também pude testar outras iguarias, nem sempre com sucesso. Pizzas e massas ainda não deram certo. Mas no domingo, quando a família esteve reunida para comemorar o aniversário da Mama, devorei mais de 200 gramas de churrasco. O dia anterior já tinha testado tomar uns copos de cerveja. Ah… muito prazeroso. Pensei muito se não me boicotei na praia. Sabia que tinha que ir no otorrino antes, que não podia mergulhar, ficar sem o xarope foi estúpido. Mas concluí que na verdade fui levado pela emoção. Basta ler minha despedida aqui no blog para entender. Eu achei que estava curado…

BLOGGER

Trópico de Câncer
Comentários do post 22522977

Oi oi oi!!! Saudades de vc… Fique cada vez melhor!!! Beijos, Juju.

Juju Marques | Email | 05-03-2004 16:52:26

Tá certo. se as coisas andam tão bem assim, com certeza as próximas etapas do caminho serão vencidas com coragem e sem sofrimento. Sigo na torcida, esperando uma oportunidade pra te ver. Beijos. saudade. Claude.

Claude | Email | 04-03-2004 00:19:51

Em primeiro lugar, Tia é o katzo. Dirigi prudentemente, na BRIOI, que é o maior matadouro de gaúchos que os manés podiam inventar. Em segundo lugar, prá teu governo, 4 ilhas contigo não foi toda a porcaria que poderia ser, dadas as circunstâncias. Até que de boca fechada tu melhorou um pouquinho,… 😉 Em terceiro lugar, vai te catar e sai logo para comprar uma paleta de ovelha para assar aqui em casa no fim de semana. JJ

JJ | 03-03-2004 22:16:34

Fala, Enrico safado! Tenho lido seguido o teu blog e descobri uma coisa que eu já desconfiava há muito tempo: esse negócio de Enrico Miller não é com o Henry Miller coisa nenhuma, é Miller da cerveja! hehehehe Tchê, tu foi a 4 ilhas e ficou resmungando? Mas te dou uns tapas, índio! :c) Cara, tirando as brincadeiras, segue o baile que a torcida segue forte, e embora colorado doente até abro uma excessão aqui: “Com o Enrico onde o Enrico estiver!” Descobri uma notícia interessante que de repente vale a pena comentar com o teu médico, acessa http://www.wired.com/news/medtech/0,1286,62493,00.html?tw=wn_tophead_13 Parece que os gregos tão inovando na quimioterapia, quem sabe as coisas não ficam – nem que seja um pouquinho – mais light! Segue o baile, tchê Enrico! Que a comemoração será com todos que aqui escrevem e que te amam com uma bela cervejada! Um grande e caloroso abraço do teu amigo: Galvão Bueno P.S.: O cavanhaque está de volta, para tua admiração e desespero do Jonas Costello!

Galvão Bueno | 03-03-2004 01:05:52

Calma, brodi, tá quase lá… quase lá! Mais um pouco, tu tá curado e de volta às pizzas, massas, cervejas, vinhos e demais coisas boas da vida – o que obviamente exclui o gosto de cinzeiro na boca. E o cheirinho nas roupas tbm. argh! 😉

Lana | 02-03-2004 18:44:31

Na volta de Quatro Ilhas quando li a tua despedida no blog e lembrando como as coisas aconteceram lá, tive a certeza de que a expectativa era muito alta e só poderia ter dado no que deu. Parecia quando a gente trabalha o ano todo e sai pras ferias e esquece metade das coisas porque o que se quer é estar lá, gozando dos prazeres da vida! Mas tudo é aprendizado… pena que as vezes aprendemos com sofrimento. Te amo e adorei teus progressos e … sem terapia. Bjs.

Zelda | 02-03-2004 18:28:40

Ô meu, vai devagar! Só pelo teu astral já dá pra sentir que a coisa tá muiiito melhor. Continua firme, passo a passo, e sem essa de já estou curado. Tu vais te curar sim, mas segue o tratamento direitinho, hein! Sem cerveja. E cigarro, “never more…”

marlon | Email | 02-03-2004 11:11:45