Gilnei Quintana Marques

O dia mais louco – 4a parte

Posted by in Trópico de Câncer

Antes do discurso: Na primeira vez em que pensei na festa, pensei que faria um discurso. Daquele dia em diante tive em mente mil roteiros, cada um mais bonito e emocionante do que o outro. Até quando pensei em desistir da festa o que mais lamentei foi não fazer o discurso. Depois de enviado o convite, Tata, Geisel e todos os demais envolvidos na estruturação estavam preocupados com espaços, quantidades, qualidades, transportes, sangue e areia, guerra e paz. Eu só fazia pensar no discurso. Cheguei a listar várias vezes o…read more

0

O dia mais louco

Posted by in Trópico de Câncer

O Plano: Comemorar meu aniversário de 38 anos. Agradecer e confraternizar com as pessoas que me deram apoio durante o tratamento. Reunir, num lugar bonito e com espaço suficiente, 60 convidados para um grande churrasco. Contratar uma banda, formada por alguns amigos, para dançar por pelo menos 3h. Beber a vontade. A execução: Vale dizer que, depois de pensar sobre o assunto durante meses, quando passou a data verdadeira, dia 08, eu achei que não deveria executar O Plano. Ia dar muito trabalho, eu simplesmente não conseguia diminuir a lista…read more

0

Silêncio feliz

Posted by in Trópico de Câncer

Vamos combinar! Se eu esquecer de atualizar este blog por mais de uma semana é porque estou bem, tão bem que consigo me esquecer da doença e tudo o mais. Se passar de um mês é porque morri ou estou curado. Agora, falando sério: a semana passada foi ótima. Trabalhei, namorei e levei Tata para jantar fora. Teve também o aniversário do Geisel e ainda por cima o casamento de Isabel (já falei dela aqui). Dou mais detalhes no próximo post. Agora, com licença, que vou curtir um pouco a…read more

0