Onipresença digital

Posted by in Trópico de Câncer

Quanto mais o esfincter aperta, maior a proporção da merda que se acumula na mente de quem está na travessia da corda bamba. Caio em prantos quando a pergunta básica bate na minha porta. Talvez por isso, como bom terráqueo, ande com idéias de auto-conservação. Pensei que podia virar uma figura virtual, por exemplo. Uma coisa que permaneça e vença o tempo, a vida, a presença física, a realidade. A loucura é tal que talvez me transforme num logo, num mangá, numa figura onipresente, enfim, que estaria em vários lugares,…read more