Gilnei Quintana Marques

Nada de novo no front

Posted by in Trópico de Câncer

Os longos silêncios do blog são necessários. Porque eles significam paz. Não há o que contar. Falar de picadas e roxos nos braços, coxas, barriga e anca por causa da morfina de quatro em quatro horas não provoca muita emoção. Aliás, se fosse na veia, ainda teria alguma. Subcutâneas não dão barato. E eu sei, o que vocês querem é emoção hshshs… Estamos todos concentrados na Mamma, que deu baixa no hospital porque estava retendo líquido demais. Na minha imaginação cheguei a temer que do umbigo jorrasse um chafariz. Por…read more

0

Tudo de novo?

Posted by in Trópico de Câncer

A dor permance, a tortura da dúvida também. Passou-se quase um mês sem que eu escrevesse, mas as novidades não cessaram. Resolvemos procurar uma nova opinião. Um oncologista para quem prestei serviços jornalísticos. Dr. Canhedo olhou todos os exames e considerou que não podíamos esperar nada crescer. Entao, fiz novamente cintilografia e tomografia. Tinha requisição de um ressonância, porém, não consegui suportar as dores e, segundo os médicos, estava me mexendo, o que fez com q as imagens ficassem borradas. Só sedado. Canhedo achou melhor adiar. Para ele, os resultados…read more

0