Depoimentos

Tudo começou com uma simples relação comercial

Fomos apresentados, não lembro ao certo se foi por Jonatas Abbott ou Jaime Wagner. Inicialmente começamos um relacionamento comercial, posteriormente ficamos amigos, como normalmente é para ser. Já me dizia meu avô em 1982, meu neto, só conhecemos as pessoas realmente quando fazemos negócios com elas. Eu demorei uns 20 anos para entender, mas isso é outra história.

O Gilnei sempre foi uma pessoa correta, justa e mesmo nos tornando amigos não foram poucas as vezes que nos pegamos em peleia de faca, por desavenças cliente/fornecedor.

Mas embora a gente discutisse no alto nível (e as vezes no baixo também), não foram poucas as vezes que eu fazia um distrato comercial para enviar no dia seguinte, e durante a madrugada recebia um SMS assim: “Olha só, tu é um viado, mas o que eu falei hoje nem era o que eu queria falar, amanhã tá tudo certo né?”.

E no outro dia tudo ficava certo de novo. E volta e meia uma café no meio da tarde, uma cerveja na noite e muito conversamos sobre todos os assuntos. Só pra finalizar e dizer que tu faz uma falta seu safado!

Gustavo Tagliassuchi, também conhecido por Gus, ou como ele pronunciava: Gãs (apelido dado por ele) ou Fio Fino para quem acompanhava o blog Trópico de Câncer.


Histórias com o Gilnei Marques!

Nos conhecemos na APLUB, ele como jornalista e articulador culturar, eu como Programador, ele comandava a Radio que tinha internamente, nos cruzamos em um projeto nos primórdios da internet, 1994, a internet discada era um luxo, e ele com sua inteligência viu uma forma de divulgação cultural e do acervo da APLUB.

Montamos um projeto de Intranet e Internet e mostramos para a diretoria e para o Presidente Amaury Soares, foi um grande colega de projeto e amigo para tomar uma ceva, contando e aconselhando sobre as nossas vidas.

Sempre fique muito impressionado com a inteligencia do Gilnei, sabia o que queria, isso diferenciava ele de quase todos que conheci na APLUB, amigo leal e não media consequencias diante de uma injustiça.

O mundo precisava de pessoas assim, uma pena que esse grande cerebro não pode contribuir mais para a nossa sociedade.

Mauro de Souza Paz – Dezembro 2016


Se você tem um depoimento utilize o formulário de contato e envie para nós!