Morfina

Posted by in Trópico de Câncer

O que dizer dela. Legal, tira dor. Provoca problemas colaterais com o tempo. Tem o charme das drogas antigas, de escritores dentre outras personalidades da história mundial que eram viciadões. Já eu… comprovei que nem sempre tira a dor, que pra tirar tem de elevar a niveis perigosos para o coração. E que de charme, gurizada: NADA! Nem baratinho dá. Enfim, conforme posto no post anterior, procuramos insistentemente por telefone e pela secretárias o nosso ex-querido médico da dor. Depois de uma semana sofrendo que nem bicho, adotamos a tática da sempre presente e disposta dra Mônica.

Chamamos, então, um serviço chamado home care do meu plano de saúde e foi assim que além de aplicações subcutâneas também passamos a tomar intravenal de seis em seis horas. Fomos premiados com dois técnicos muito gentis, gente fina mesmo, que tão na luta e tal, com os quais conversamos muito às seis da manhã, meio dia, seis da tarde e meia-noite, aquelas coisas. Não adiantou muito, mas melhorei um pouco. O problema é que as crises continuavam e a cada crise estavamos injetando mais morfina sempre com algo de medo, principalmente por parte de Tata, porque eu… eu queria qualquer coisa, até aspirina! Acionei, inclusive, minha irmã Zeda, enfermeira, para aplicar intravenosa antes do home care ser acionado e depois para me fazer companhia nas tardes que pôde e que eu mais precisei. Show!

Mas a solução para esse inferno acabou aparecendo mesmo foi quando o eficiente-dr. da Dor apareceu no visor do celular. Desde então ela parece controlada, com pequenos ataques, embora tenha aumentado a metadona, o ibuprofeno e estou tomando duas miligramas (duas ampolas) de morfina a cada duas horas. Agora mesmo estava com alguma dor e não entendia porque. É que por volta das dez tomei mijada porque apenas me apliquei e esqueci as mais de seis pilulas que eu tinha que ter tomado. Agora empurrei elas mais a da meia noite e ainda toquei ficha em minha dose de morfina.

Espero que noite seja abençoada. Amanhã tenho que encarar a coluna do jornal e desta vez não consegui adiantar nada, pois fiz duas tomos e uma cintilografia para, ah, sim, iniciar uma nova radioterapia nos arcos costais e na escápula, pois o câncer progrediu, embora tudo seja confirmado mesmo quando as tomos ficarem prontas. Mamãe… conto com tua ajuda…

BLOGGER

Trópico de Câncer
Comentários do post 38717338

Tenho certeza de que depois da radio tudo voltará a normalidade. Força! um abraço, Marlon.

marlon | 23-06-2006 10:13:54

oi, tenho passado todos os dias por aqui. E hoje, fiquei tão feliz de ver algo escrito. Estava com saudade, afinal não nos vemos desde sabado. O pai tem me mantido informada sobre o que está acontecendo, pois fico temerosa de ligar e acabar atrapalhando. Que bom que acertaram na medicação. Tenha calma que és um forte e vais vencer mais uma vez esta etapa. Estamos confiantes. Um abraço pra Tatá. Hoje assisti o jogo só e fiquei louca pra ir ficar contigo, mas achei que teria gente demais. abraços saudosos e força. Quanto a mãe tenho certeza que está sempre conosco. Mana zele.

zele | 22-06-2006 23:31:10

Mano, estamos aqui firmes e fortes na tua torcida! Sabemos que vamos lutar até o ultimo homem desta guerra. Todos os dias passo aqui. Fiquei feliz que atualizaste o blog porque significa que estas bem e retomando as coisas rotineiras. Pode contar com a Mãe que ela deve estar de alguma forma perto de ti ou pedindo por ti. Muito amor para voês.

Zelda | 22-06-2006 13:54:16